Beira Meu Amor

A Beira foi o grande amor da minha vida. Recebeu-me com seis anos, em Novembro de 1950 e deixei-a, com a alma em desespero e o coração a sangrar, em 5 de Agosto de 1974. Pelo meio ficaram 24 anos de felicidade. Tive a sorte de estar no lugar certo, na época certa. Fui muito feliz em Moçambique e não me lembro de um dia menos bom. Aos meus pais, irmão, outros familiares, amigos e, principalmente, ao Povo moçambicano, aqui deixo o meu muito obrigado. Manuel Palhares

Archives
A minha fotografia
Nome:
Localização: Odivelas, Lisboa, Portugal

segunda-feira, abril 03, 2006

Não só quem nos odeia ou nos inveja



Fernando Pessoa (1888-1935)

Foi um dos pioneiros do movimento a que se chamou Modernismo.
Assinando as suas poesias com diversos nomes (Álvaro de Campos, Alberto Caeiro, Ricardo Reis), revelou uma personalidade complexa e um excepcional vigor intlectual. A sua importância na literatura portuguesa dia a dia se tem afirmado como das mais evidentes de todos os tempos.

Branquinho da Fonseca



Não só quem nos odeia ou nos inveja

Não só quem nos odeia ou nos inveja
Nos limita e oprime; quem nos ama
Não menos nos limita.
Que os deuses me concedam que, despido
De afectos, tenha a fria liberdade
Dos píncaros sem nada.
Quem quer pouco, tem tudo; quem quer nada
É livre; quem não tem, e não deseja,
Homem, é igual aos deuses.

Fernando Pessoa

* Imagem retirada de: http://www.ehu.es/~uppbacol/4.html

9 Comments:

Anonymous Isabelus said...

Manel
Vou experimentar o nome que uso no meu Blog para que neste poema de Pessoa te dizer que tenho apreciado estes poemas que aqui pões e muito longe deles, pois há alturas que a vida nos obriga a outros caminhos.
Vou tentando penetrar devagar e quase precisa dum professor para me ajudar a saber ler seu espírito, como aconteceu quando estudei os Lusíadas e fiquei fascinada.
Obrigada por esta oportunidade.
Beijinhos
Isabel

terça-feira, abril 04, 2006 10:16:00 da tarde  
Blogger Isabel Ribeiro said...

Manel
Ao ler e reler este verso sinto o coração oprimido pois este homem não conseguiu partilhar o Amor será mesmo esse «Homem, é igual aos deuses», mas não ao nosso Deus que é AMOR
A sabedoria de saber amar sem limitar, mas completar não será um dom de um HOMEM que ultrapassou as barreiras e descobriu o caminho «quem nos ama (se AMA não pode limitar)
Não menos nos limita.
Que os deuses me concedam que, despido
De afectos, tenha a fria (gelada) liberdade (será?)
Dos píncaros sem nada.
Quem quer pouco, tem tudo; quem quer nada
É livre;(SERÁ LIVRE? OU TRISTE) quem não tem, e não deseja,» Será que conseguiu?
Manel Estou a tentar entender Pessoa que foi um grande Poeta, mas arrepia a amargura que transmite, se puderes dar-me uma ajuda para ver com outros olhos com mais sabedoria fá-lo
Um beijinho da Isabel

quarta-feira, abril 05, 2006 10:13:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Durmo. Se sonho, ao despertar não sei
Que coisas sonhei
Durmo. Se durmo sem sonhar, desperto para um espaço aberto
que não conheço, pois que despertei
para o que ainda não sei.
Melhor é nem sonhar nem não sonhar
e nunca despertar.
Adoro este poeta, apesar de ter tido uma vida complicada, mas soube transmitir esses sentimentos.
Um beijo
MManuel

quarta-feira, abril 05, 2006 12:58:00 da tarde  
Anonymous Luciana Leal said...

Tenho a vida limitada pelo maior amor que alguém poderia sentir.tenho uma filha tetraplegica e entendo o que é não ter e não desejar ( pela impossibilidade de realização), eu só amo e vivo, e "um dia eu sei que estarei mudo, mais nada"...

quarta-feira, abril 05, 2006 1:09:00 da tarde  
Blogger Manuel Palhares said...

Isabel,

1 - Clicando em "isabelus", no teu 1º comentário, diz que a página não está disponível.

2 - Clicando em "isabel ribeiro", no teu 2º comentário, conduz-nos para um blog teu, também com o nome de Vidas Vividas, só com uma publicação tua - " Da minha varanda vejo uma magnólia branca..." - de 02-08-2005 e com 2 comentários em inglês que devias apagar já. Tu mesma podes verificar o que te acabo de dizer clicando, neste blog, no teu nome. Faz isso!

3 - No outro " Vidas Vividas", já ontem te deixei 2 comentários.

4 - Pessoa foi uma personalidade muito complexa e há centenas de estudos pessoanos nem todos convergentes. O Pessoa ser humano, não teve a capacidade de se soltar, como o Pessoa multifacetado da obra que nos deixou.
5 - Quanto a ajudar-te a compreender e penetar em Pessoa poeta, não sou a pessoa indicada, pois os meus estudos oficiais, na área das letras, foram até ao antigo 5º ano do liceu, como os teus; depois seguimos ciências até ao fim do liceu. Terás que pedir orientação a uma colega da área das letras.

Um beijinho,

Manel

*********************************

Maria Manuel,

Olá amiga grande.
Lindo o que aqui partilhas connosco.
Também gosto muito desta mente brilhante que, todavia, não lhe foi muito útil para a vida do dia-a-dia.
Um beijinho,

Manel

**********************************

Luciana Leal,

Bem-vinda, visite-nos mais vezes e partilhe connosco o que muito bem entender, pois será sempre recebida com muito prazer.
Não vou comentar o seu "eu só amo e vivo", mas apenas lhe dizer que a percebo, pois trabalhei com jovens com problemas diversos.
Os meus cumprimentos,

Manuel P.

quarta-feira, abril 05, 2006 4:35:00 da tarde  
Blogger Isabel Ribeiro said...

Manel
A maratona parece foi a bom fim.
Com a tua ajuda e do Jerónimo que me dicou um tempinho com o que tu descobriste parece que muitos nomes tem isabel, isabelinha, isabelus, mas a cara é só uma.
Me desculpe o grande poeta deste meu atrevimento. Um beijinho da Isabel

quarta-feira, abril 05, 2006 10:24:00 da tarde  
Blogger Manuel Palhares said...

Isabel,

Viva! Parabéns, muito bem. Agora já lá vou, ao teu blog, clicando no nome e/ou na fotografia.Muito bem.
1 - Com "isabelus", continua indisponível.
2 - O outro blog com o mesmo nome e com a tua publicação "Da minha varanda vejo uma magnólia branca..." - de 02-08-2005 e com 2 comentários em inglês que te pedi para apagares, já não aparece, como sabes.
A Senhora Professora sabe já umas coisa disto, quem me dera.
Um beijinho,

Manel

quarta-feira, abril 05, 2006 10:43:00 da tarde  
Blogger Isabel Ribeiro said...

Manel
A Sra,”Profe”... que neste campo é aluna e muito limitada já porque se aprende, esquece coma mesma facilidade e nem vergonha tem. Por tantos os deveres de casa, e já na casa dos 5 e 7 não se importa senão em ser feliz, isso aprendeu para ficar e que a reprovem ao não só fica um pouco desapontada por ter perdido algumas capacidade para outras pôr em seu lugar. O normal nesta altura.
Foi assim Manel, a menina quando chegou a casa e viu que o amigo lhe tinha feito já um pedaço do trabalho agarrou e pediu ao seu grande mester Jerónimo, para não ficar deixar sua ficar muito mal sua imagem.
O Master, atrapalhado pediu apenas que o deixasse acabar o trabalho e que logo de seguida me ia ouvir e atender.
Conclusão: O dito blog que encontravas foi o 1º por nós feito como experiência (já não me lembrava) e é do mesmo fornecedor que o teu, mas talvez por ser tudo em inglês língua que quase nada sei (se perdeu, e talvez por ser mais difícil eu colocar meu trabalho de IMAGEM, pois pintora sou, e tão pouco ainda tive tempo de pôr), Além de mais sempre gostei mais do francês estudei por livros de artes franceses, já agora assiná-lo aqui uma grande alegria que tive em ter podido ouvir no anfiteatro da Gulbenkian, o grande Historiador francês René Huygne nos anos de 69/70 +/- numa palestra que em Lisboa fez. Era aluna das Belas Artes ouvi e o entendi, livros de História de Arte, em Português eram caríssimos e poucos havia.
Então entre o telemóvel e o “messeger” pondo o ponto da situação ele eliminou a página e nela colocou um pequeno perfil com uma fotografia actualizada.
Do teu blog não se consegue entrar directamente no meu; fornecedores diferentes.
Um beijinho
Isabel

quinta-feira, abril 06, 2006 9:57:00 da manhã  
Blogger Manuel Palhares said...

Isabel,

Com a nossa força de vontade para não nos deixarmos desactualizar pelas novas tecnologias e com Mestres como os nossos filhos, nós, os menos muanas, mantemo-nos actualizados. O que é preciso é um pouco de paciência.
Só mais uma informação.Agora entro no teu blog, quer clicando no teu nome, quer clicando na tua fotofrafia.
Está tudo a correr muito bem.
Um beijinho,

Manel

quinta-feira, abril 06, 2006 8:29:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

/body>