Beira Meu Amor

A Beira foi o grande amor da minha vida. Recebeu-me com seis anos, em Novembro de 1950 e deixei-a, com a alma em desespero e o coração a sangrar, em 5 de Agosto de 1974. Pelo meio ficaram 24 anos de felicidade. Tive a sorte de estar no lugar certo, na época certa. Fui muito feliz em Moçambique e não me lembro de um dia menos bom. Aos meus pais, irmão, outros familiares, amigos e, principalmente, ao Povo moçambicano, aqui deixo o meu muito obrigado. Manuel Palhares

Archives
A minha fotografia
Nome:
Localização: Odivelas, Lisboa, Portugal

sexta-feira, julho 27, 2007

Quando tínhamos 8 anos!!!


Moçambique - Beira, 27 de Julho de 1952.

O meu amigo José Manuel Sequeira Pires e Roca fez neste dia oito anos e, para o provar, ficou esta velhinha fotografia.
Na primeira fila, à frente, da esquerda para a direita, está o Rui Gomes(?), irmão da Laimita, o Manuel Palhares - ainda com sete anos - , o aniversariante José Manuel Roca, o Daniel Neto e o irmão deste último, o Fernando Neto. Atrás, mais velho que nós, está o Brito.
Naquela altura os meninos reuniam-se em casa do aniversariante e, pelo menos até à hora do lanche, não se sujavam e entretinham-se a jogar vários jogos e a apreciar as prendas que o aniversariante tinha recebido.
Depois do lanche, e depois de apagadas as velas, é que íamos todos brincar para o jardim.
Passaram-se cinquenta e cinco anos e ainda há pouco tive o prazer de lhe dar os parabéns, pelo Skype, para Joanesburg, onde se encontra desde a independência de Moçambique.
Estava bem disposto e tinha ao lado a neta, a quem explicava esta fotografia que lhe mandei por e-mail, e dizia-lhe que o avô, naquele dia, tinha feito oito anos.
Que bom que é ainda continuarmos amigos apesar da distância que nos separa.
Parabéns meu querido amigo, duplamente: pelo teu aniversário que hoje se comemora, e pela notícia de que a tua filha que está no Canadá, está à espera de um bebé. Vais ser avô de novo! Que bom!
Um grande abraço,

Manuel Palhares

Odivelas, 27 de Julho de 2007.

12 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Oi Manel
Boa noite, há uns dias que não vinha ao Beira meu amor, mas hoje passei por aqui e qual não foi o meu espanto quando deparei com a foto dos 8 anos do José Roca. Sabes, ele deve ter a minha idade,pois fez a comunhão comigo na Catedral da Beira. Gostei de saber que está em Johannesburg. Eu também tenho lá um irmão desde a independencia, quem sabe até não se conhecem. É agradável ir vendo fotos destas que nos alegram o coração.
Bom fim de semana para ti e familia
Teresa

sexta-feira, julho 27, 2007 9:10:00 da tarde  
Blogger Manuel Palhares said...

Olá Teresa,

Boa noite!
Que bom que é estar a ler o que me contas.
Eu não te vou perguntar a tua idade, mas o Roca fez ontem 63 anos e eu faço-os em Setembro. Ainda somos uns jovens e somos como alguns prédios da Beira: com a pintura em mau estado, mas com os alicerces ainda bastante sólidos.Ah!Ah!Ah!
Pois, é natural que o Roca conheça o teu irmão, que se encontrem em alguma associação de portugueses.
Um bom fim-de-semana para ti e para os teus.
Um beijinho,

Manel

sábado, julho 28, 2007 12:20:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Manel
Milagre! Desde o almoço de Odivelas que procuro, diariamente, "novas" tuas neste teu sítio criado com tanto amor.
Deixa de ser preguiçoso e relembra-nos a nossa juventude e a amizade perene que construimos.
Fiquei contente por saber algo do Roca, pois é com muita ansiedade e alegria que procuro noticias dos amigos sáos e desinteressados de sempre.
Sabes alguma coisa do Pedro Veludo?
Um abraço do mano Aníbal.

sábado, julho 28, 2007 1:50:00 da manhã  
Blogger Manuel Palhares said...

Olá mano Aníbal,

Bom dia!
Eu sei que tu me conheces bem e sabes que ponho, no que escrevo, toda a ternura de que sou capaz, mas nem todos os dias há inspiração ou arte para a contar. Mas ainda penso aqui contar mais algumas coisas dos tempos em que fomos muito felizes, lá longe: os da nossa infância e adolescência.
Aqueles é que foram os dias(Those were the days, my friend!),como diz a letra da canção cantada pela Mary Hopkyns e que aqui tocou há umas semanas atrás.
Sobre o Pedro Veludo e os seus problemas de saúde, podes ler aqui tudo sobre a sua situação, clicando em "Antigos Alunos da Universidade de Lourenço Marques".
Um bom fim-de-semana para ti e para os teus e um grande abraço,

Manel

sábado, julho 28, 2007 12:10:00 da tarde  
Blogger Fernando said...

Olá Palhares

Finalmente!!!
Depois de tantos dias sem "produção", lá nos brindaste com esta tua recordação. Foi interessante ver os miúdos que conheci quando eu também era miúdo, e, mais uma vez, se prova que recordar é quase renascer. Não éramos ainda conhecidos nesta altura, mas viemos a dar-nos todos muito bem algum tempo mais tarde.
Desejo ainda manifestar a minha satisfação por teres voltado. Sabes que já nos habituaste (pelo menos a mim) "mal", e não há dia em que ir ao "Beira Meu Amor", não seja uma das primeiras coisas a fazer mal ligo o meu computador.
Um grande abraço.

segunda-feira, julho 30, 2007 11:25:00 da manhã  
Blogger Manuel Palhares said...

Olá Fernandinho,

Boa tarde!

...viemo-nos a dar tão bem que hoje, mais de cinquenta anos depois, ainda nos damos com muita amizade. Pelo meio, ficou um certo vazio de 40 anos, mas isso agora não nos interessa nada. E que bom que é o reencontro!
Eu também gostava de ter todos os dias coisas para contar e arte para o fazer, mas tem que ser aos poucos e sofrível.
Um grande abraço,

Manuel Palhares

segunda-feira, julho 30, 2007 2:27:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Oi Palhares
Sofrivel? Tu dás-nos sempre textos tão lindos, é tão bom ler-te e não acredito que tenhas pouco que contar com a ternura que te é habitual (dos 60, claro).
beijinho para ti
MManuel

terça-feira, agosto 07, 2007 6:00:00 da tarde  
Blogger Manuel Palhares said...

Maria Manuel/Menina Grande,

Olá, minha amiga.
Muito obrigado pelas tuas sempre amáveis e amigas palavras.
Olha, é verdade que tenho mais coisas para contar mas, até agora, quase que tenho mantido os relatos dentro do período da pré-adolescência e adolescência, pois foram os anos de maior felicidade e despreocupação. Porém, outros mais sérios penso escrever...
Um beijinho,

Manuel Palhares

quarta-feira, agosto 08, 2007 1:47:00 da tarde  
Blogger Isabel-F. said...

uma bonita recordação____
uma linda homenagem______

andas tão desaparecido por tudo quanto é sítio ...

passa-se alguma coisa??? está tudo bem contigo???
espero que sim ....

vai espreitar o MGM ... acho que a fase má está a ser ultrapassada...

beijinhos

terça-feira, agosto 14, 2007 3:37:00 da tarde  
Blogger Manuel Palhares said...

Olá Isabelinha,

Obrigado pela visita.
Não se passa nada comigo. No Verão afasto-me um bocado mais de casa e "navego" menos, só isso.
Espero que tudo vá bem contigo e com os teus. Umas boas férias.
Ainda bem que as coisas melhoram no MGM; não deixei nunca de o visitar, como faço com todos os outros.
Um beijinho,

Manuel Palhares

terça-feira, agosto 14, 2007 4:45:00 da tarde  
Blogger nutcase said...

Olá Manuel,
Soube do teu site pelo nosso amigo Quintino. Qual o meu espanto em ver esta foto com os meus primos Roca e Rui e o meu irmão Fernando /além de mim, claro!).
Depois de 1974 vivi no Canadá, EUA e Libéria. De regresso a Portugal, estive no Algarve e em Lisboa. No ano passado (2007) aceitei fazer parte de uma sociedade de investimentos e investir em Moçambique (Maputo). Por aqui vou ficar até resolver reformar-me, talvez dentro de uns 4 ou 5 anos.
Tenho uma filha nos EUA (vou ser avô pela primeira vez em Julho) e outra na Inglaterra. Provávelmente vou reformar-me nos EUA.
Um abração de todo o tamanho!
Daniel Neto daniel.zambezi@gmail.com

quarta-feira, janeiro 30, 2008 8:16:00 da tarde  
Blogger Manuel Palhares said...

Daniel, meu amigo,

Isto da net todos os dias me deixa espantado, porque de facto as pessoas conseguem reencontrar-se com uma faciliade que antes era impensável...e ainda bem!
Pois que alegria em saber de ti, um "menino" cuja fotografia eu aqui coloquei em Julho, a propósito dos anos 63 anos do José Manuel Roca.
Gostei muito de ler o breve resumo sobre o que foi a tua vida nestes últimos 34 anos.
Como vão os teus manos?
Se vieres a Lisboa aparece.
Muita saúde e um grande abraço,

Manuel Palhares

sexta-feira, fevereiro 01, 2008 4:01:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

/body>