Beira Meu Amor

A Beira foi o grande amor da minha vida. Recebeu-me com seis anos, em Novembro de 1950 e deixei-a, com a alma em desespero e o coração a sangrar, em 5 de Agosto de 1974. Pelo meio ficaram 24 anos de felicidade. Tive a sorte de estar no lugar certo, na época certa. Fui muito feliz em Moçambique e não me lembro de um dia menos bom. Aos meus pais, irmão, outros familiares, amigos e, principalmente, ao Povo moçambicano, aqui deixo o meu muito obrigado. Manuel Palhares

Archives
A minha fotografia
Nome:
Localização: Odivelas, Lisboa, Portugal

terça-feira, janeiro 23, 2007

Quando os amigos perguntam por nós!



Mena, Zé Paulo, Victor, meus queridos amigos,

Muita obrigado pela vossa amável atenção.
É certo que tenho participado menos nas Comunidades, pois vicei-me em jogar às damas
aqui.
Tem sido uma loucura. Em poucas semanas já fiz 1223 jogos! Vejam se conseguem advinhar com que nick eu jogo: ando entre o verde e o azul, ou seja, entre o jogador intermédio e o avançando - ó p'ra ele todo inchado! Falo sózinho, zango-me comigo próprio e chego a insultar-me pelas asneiras que faço - que eu estava louco já sabia, mas pensava que não era assim tão grave!
Depois houve as festas, durante as quais fiquei agoniado com o tanto que comi e bebi e, principalmente, com os milhares de boas festas que desejei e retribuí.
Agora tenho andado na recolha dos papéis para o IRS.
Com o começo do ano, resolvi também fazer exames médicos, para saber o que já sabia: estou velho e com as mazelas que começaram a aparecer a partir dos cinquenta, agravadas, pois não consigo comer para viver - tenho comido por prazer ou gula, já não sei!
Eis pois, amigos, o relato do que tem sido a minha vidinha pequeno-burguesa, que no fundo, bem lá no fundo, é do que todos nós gostamos.
Claro que nos incomodamos todos os dias com o horror pornográfico que nos chega, a toda a hora, de todas as partes da Terra, mas perante a impotência de não podermos fazer nada, vamo-nos habituando ao estertor em que o Planeta Azul agoniza.
Pronto, disse!
Vocês desculpem e não levem a mal todas estas baboseiras, pois quem vos "falou", não fui eu, português, escritor em comunidades e blogues da net, burguês acomodado e sexagenário; quem vos falou foi o meu pensamento, que é o do puto idealista que em tempos eu já fui e que se recusa a ter a idade do dono.
Beijinhos e abraços daquele que pensa sempre em vós como o melhor que tive na vida,

Manuel Palhares

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Ola Manelii

Pois... sao elas que te levam á perdição: agora é ke ja nao sei se sao elas ou eles.

Qualquer dia ponho kalker koisa como "desaparecido em Combate"

terça-feira, janeiro 23, 2007 9:33:00 da tarde  
Blogger ZP said...

Manel,
Que honra ao me ver ser internacionalizado por ti.
Grande abraço.

quarta-feira, janeiro 24, 2007 1:18:00 da manhã  
Blogger Manuel Palhares said...

Olá Bianita!

São as "damas" que me levam à perdição e os jogadores que me desesperam, quando jogam melhor que eu e me ganham os jogos!
Claro que tu estás-te a referir aos jogadores do F.C.Porto(o meu clube!), que me deixam muito zangado quando perdem jogos, como o que perderam com o simpático Atlético aqui de Lisboa. Mas tem calma que o teu SLB também me há-de dar a alegria de perder...
"Desaparecido em Combate" do site de Vila Pery?! Não! Pelo menos uma vez ao dia vou lá ler o que os amigos escrevem!
Um beijinho,

Manel

**********************************

Zé Paulo,

Menino com quem por certo me cruzei na Beira, lá longe, em Moçambique, do outro lado do tempo.
Um grande abraço,

Manel

quarta-feira, janeiro 24, 2007 4:47:00 da tarde  
Anonymous PyUpIU said...

Gostei de ler.
Não tanto por saber que eu também sou um dos desencaminhadores com imagens belíssimas da natureza de extrema raridade...
Meu desejo é apenas para que essa boa disposição não caia, continue nos arregalando, com a contrapartida de te proporcionarmos um arregalo dos olhos, para essa mente rebelde de 20 anos, que não obedece ao dono. É preciso mantê-la nesse "status", para que não morra toda a potência da imaginação, com as coisas mais belas que DEUS nos colocou à disposição para nossas companhias ou para nosso puro prazer, com suas belezas inacredítáveis por tanta perfeição.
Por outro lado satisfez-me ver aquelas outras fotos colocadas acima, na companhia de antigas amizades e colegas de estudo, pois são esses os verdadeiros Amigos, que vêm do tempo das salas de aula e é necessário preservar.
Essas iniciativas de reunião e almoço são uma outra tónica, para além daquela que expus primeiro e assim podermos partir com a Felicidade de termos gozado uma vida sã, com muita amizade...
"Não há bela sem senão", maravilhas da natureza que não podemos "comer"... e comer desalmadamente, o que enche as nossas veias de LDL viscoso, que tanto mal nos faz ào futuro da nossa existência...
Mas adorei, uma vez mais ler-te, sempre bem disposto e cordial, mas atenção, não abuses das DAMAS, que depois tudo acaba mais depressa..., nem com comprimidos do FêCêPê... lá vais...!!!!
Um Forte ABRAÇÃO daqueles lugares saudosos, deste CHAMUAR, que te deseja um SANTO DOMINGO, na companhia da ESPOSA e Progenitores.
PyUpIU

domingo, fevereiro 04, 2007 11:37:00 da manhã  
Anonymous VP said...

Manelito, parabéns pelo aniversário do teu blog, e continua porque vale a pena ler-te. Há conteúdo, há irreverência, há jovialidade e educação da boa.
Um abraço apertado e grande

VP

sexta-feira, fevereiro 09, 2007 7:41:00 da manhã  
Blogger Manuel Palhares said...

Meu caro amigo Piupiu,

Mil perdões por só hoje te estar a responder ao teu delicioso comentário, nada, nada, malicioso e sem segundo sentido! Ah! Ah! Ah!
Não sei como me passou este teu comentário e já faz amanhã uma semana! Está uma maravilha de boa disposição, própria do seu autor, o nosso querido chamuar Piupiu!
Agradeço os votos que aqui me deixaste para o domingo passado e, hoje, sou eu que te desejo, para ti e para os teus, um dia muito feliz amanhã.
Um grande abraço,

Manuel Palhares

sábado, fevereiro 10, 2007 6:38:00 da tarde  
Blogger Manuel Palhares said...

Meu caro Victor Passos,

Muito obrigado pela tua visita e pelas tuas amáveis e generosas palavras.
Um bom domingo para ti e para os teus.
Um grande abraço,

Manel

sábado, fevereiro 10, 2007 6:42:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

/body>